O impacto da geração de energia elétrica nas finanças do Município de Aripuanã.

Encontra-se disponível na seção Downloads o artigo que avalia o impacto da geração de energia elétrica no Município de Aripuanã/MT.

Sem levar em conta possíveis impactos socioeconômicos ou ambientais, o fato é que com o inicio das operações da UHE Dardanelos no exercício de 2011, o Município de Aripuanã obteve um impacto positivo em suas finanças, qual seja: 1) elevação do Valor Adicionado Municipal; 2) Receita da Compensação Financeira de Recursos Hídricos; 3) Aumento do índice de participação da Cota-Parte de 25% na arrecadação do ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e de prestação de Serviços de transportes e de comunicação), com a consequente elevação da receita do ICMS - 25%.

O Valor Adicionado é uma grandeza macroeconômica próxima do Produto Interno Bruto (PIB) e corresponde a diferença positiva entre as Saídas e Entradas de mercadorias e serviços sujeitas a incidência do ICMS, ocorrida no território municipal no período de um ano civil. Corresponde de certa forma a produção do Município.
O crescimento do Valor Adicionado do Município de Aripuanã levou ao aumento do seu índice de participação na arrecadação do ICMS, conforme se demonstra na tabela e gráfico a seguir.













notícia criada em 22/12/2014 as 08:47 por Otaviano Teixeira Gomes Junior, visualizada 210 vez(es).