Tesouro divulga alterações no PCasp para 2015

Divulgamos na íntegra noticia veiculada pela Agência CNM.

A versão do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCasp) para 2015 foi divulgada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais para a Síntese de Alterações do PCasp 2014 para o PCasp 2015, que entre as mudança, traz modificações para criar o grupo Custo de Mercadorias Vendidas (CMV), Custo do Serviço Prestado (CSP) e Custo dos Produtos Vendidos (CPV). Agora os registros desses custos ocorrerão apenas no momento das vendas.

A Confederação também destaca a criação das seguintes contas: custos das mercadorias, produtos e serviços vendidos, reserva legal para dividendo obrigatório não distribuído, doações entre entes, controles para dívida ativa, entre outras. O documento lista a relação de contas alteradas.

A entidade aconselha que os gestores estejam atentos às mudanças, uma vez que o PCasp traz uma estrutura básica formada por um conjunto de contas previamente estabelecidas, que são utilizadas para registrar contabilmente os atos e fatos da administração pública municipal.

Essa estrutura de contas do Plano foi composta por oito classes: Ativo, Passivo, Variação Patrimonial Diminutiva, Variação Patrimonial Aumentativa, Controles da Aprovação e Execução do Planejamento e Orçamento, Controles Devedores e Controles Credores. Além dos Municípios, os governos estaduais e federal também devem adotar a nova estrutura de contas a partir do exercício de 2015.

Veja na íntegra a síntese no sitio www.cnm.org.br.

Em especial para os Municípios de Mato Grosso, recomendamos acessar em nossa pagina o link - Legislação, leiaute, orientações e demais informações do APLIC.

notícia criada em 14/10/2014 as 08:36 por Otaviano Teixeira Gomes Junior, visualizada 253 vez(es).