Aplic será reformulado de acordo com as novas regras da Contabilidade

Divulgamos noticia veiculada hoje, 28 de Março de 2012, pelo Tribunal de Contas do Estado de MT., na íntegra:

O Tribunal de Contas de Mato Grosso vai reformular o Sistema de Auditoria Pública Informatizada de Contas, o Aplic, com o objetivo de adequar às novas regras de contabilidade pública que entrarão em vigor a partir de 2013.



As principais alterações serão no Plano de Contas, como é o caso do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) que não era contabilizado como um crédito para, posteriormente, ser abatido. Com as padronizações novas, o IPTU passa a ser contabilizado, e o gestor deve prestar contas ao TCE-MT quanto ao valor arrecadado.

Consultor na área de contabilidade pública, João Fortes
“Agora se passa a registrar o direito a um crédito antes do recebimento”, afirmou o consultor de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, João Fortes que está assessorando os técnicos do Tribunal nos trabalhos.

Tais regras buscam a uniformização e padronização das práticas e procedimentos da Contabilidade Pública. Para o consultor, a ideia é que todos os órgãos falem a mesma linguagem.

Fortes conta que o TCE-MT é a quinta instituição que ele visita para assessorar neste procedimento. “Na fase atual de reformulação do Aplic do TCE-MT, estão sendo levantados dados que devem pautar os técnicos na reelaboração de ferramentas para o sistema”, disse o consultor.

notícia criada em 28/03/2012 as 18:27 por Otaviano Teixeira Gomes Junior, visualizada 392 vez(es).